De onde se originaram as aves? Saiba tudo a respeito! 

Conheça tudo sobre de onde se originaram as aves e toda a evolução dos animais no planeta aqui no Origem das coisas. Para saber mais dessas aves leia aqui!

Ao contrário do que se imagina, não existe resposta concreta que leva a uma única origem das aves. 

Existem diversos estudos, teorias e vertentes que apontam para possibilidades plausíveis. Dentre essas, a mais aceita e difundida pela comunidade científica é a teoria de que as aves evoluíram de algumas espécies de dinossauros.  

Serão as aves a evolução dos dinossauros?

Os estudos que fundamentam essa teoria datam de 1861, quando em uma expedição na Alemanha, um fóssil de dinossauro com indícios de penas em seu substrato foi descoberto.  

Esse fóssil foi denominado Archaeopteryx lithographica e apresentava um arranjo de penas que se assemelhava ao das aves atuais, adaptadas para voo. 

Serão as aves a evolução dos dinossauros
Fonte/Reprodução: original

Para além do fóssil de Archaeopteryx lithographica, a origem das aves de maneira geral está vinculada a uma linhagem de dinossauros Theropoda. Isto se deve a similaridades encontradas entre as aves e os dinossauros. 

Algumas características semelhantes que merecem destaque são: pescoço alongado e móvel; aparição de três dedos voltados para frente e um para trás; ossos pneumáticos; 

Archaeopteryx: a primeira ave da Terra

A Archaeopteryx lithographica (ou “asa antiga” em tradução livre), é reconhecida como a ave mais primitiva da Terra. Seu fóssil é tido como de transição entre répteis e aves, por apresentar características dessas duas classes de animais.

Essa ave primitiva foi extinta há mais de 150 milhões de anos, ao final do período Jurássico, pertencente ao segundo período da Era Mesozóica. 

Notava-se que as extensões primárias e secundárias das penas no substrato fóssil do Archaeopteryx lithographica possuíam disposições análogas ao das aves atuais. Tudo indica que essa ave primitiva seria capaz de realizar vôos batidos, ao correr e bater as suas asas. 

Quantas espécies de aves há no planeta?

Com estudos recentes, o número de espécies de aves chega a cerca de 10 mil em todo o planeta. 

Essa grande diversidade de espécies também contribui para que os estudos sobre a origem das aves, fossem sempre carregados de certa imprecisão. Afinal, catalogar e estudar um grande número de espécies como esta não se caracteriza como uma tarefa tão fácil.  

Árvore Filogenética das aves: o que é

Uma árvore filogenética é um modelo de diagrama usado para representar relações evolutivas entre grupos de organismos que possuem um ancestral comum. 

Essa representação gráfica foi utilizada por pesquisadores e cientistas da Universidade de Yale, nos EUA, em 2012, para criar uma árvore filogenética com as 9.993 espécies de aves mais conhecidas. 

Com o mapeamento evolutivo dos pássaros, foi possível posicionar as diferentes espécies no tempo e no espaço. Essa informação permitiu que os cientistas pudessem designar que espécies mais próximas entre os ramos, estão mais relacionadas do ponto de vista evolutivo e partilham de um ancestral comum mais recente entre si. 

Para conseguir catalogar quase 10 mil espécies de aves, os cientistas utilizaram as informações de parentesco das 6 mil espécies de pássaros já conhecidas. Isto é, buscaram por aqueles pássaros que eram parentes próximos para identificar as espécies que não tinham informações suficientes para serem incluídas na árvore filogenética. 

Novidades Evolucionárias das Aves

Em 2014, depois de quatro anos de estudos, um grupo de centenas de pesquisadores de 20 países ao redor do globo, publicou 29 artigos científicos simultâneos na revista Science, em oito deles numa edição especial. 

Essa pesquisa contou com a intensa análise que sequenciou o genoma de 45 espécies de aves, para apresentar um novo desenho da árvore filogenética dos pássaros 

O que estudos do mapeamento de DNA das aves dizem?

Os novos estudos de mapeamento de DNA das aves servem para auxiliar nas possíveis respostas às perguntas acerca da evolução dos pássaros a partir dos dinossauros.

Utilizando supercomputadores capazes de analisar dados pesados ao mesmo tempo, os pesquisadores conseguiram encontrar o genoma completo de pelo menos uma ave derivada das linhagens principais, e consequentemente reorganizar a árvore filogenética dos pássaros e interpretar mais a fundo as relações de parentesco entre as espécies. 

Com o sequenciamento do genoma dessas 45 espécies, foi possível constatar que diversos ramos da família divergiram em espécies, o que trouxe maior confiabilidade aos estudos realizados.

2 comentários em “De onde se originaram as aves? Saiba tudo a respeito! ”

Deixe um comentário