Conheça a origem do Uber: seu dono e influência no mercado

Conheça a Origem do Uber, o seu dono e sua influência no mercado aqui no Origem das coisas. Para entender mais sobre o surgimento do Uber leia aqui!

Surgindo como uma empresa inovadora no mercado de transporte, a Uber tem modernizado nossas perspectivas do que são locomoção e mobilidade Urbana, trazendo praticidade, agilidade, e melhor custo benefício no dia a dia da população.

Mas precisamos conhecer e entender a origem da empresa, quem são seus donos e se as relações trabalhistas estipuladas por ela são um benefício para a sociedade.

Onde surgiu o Uber e o que motivou sua origem?

Com o projeto de melhorar a mobilidade urbana e oferecer um serviço de caronas por um preço acessível a Uber iniciou suas atividades em 2009 na Califórnia, Estados Unidos. 

Onde surgiu o Uber e o que motivou sua origem
Fonte/Reprodução: original

A inspiração surgiu de uma situação que ocorreu, anos antes, em Paris, onde seus dois idealizadores e fundadores Travis Kalanick e Garret Camp passaram a se questionar sobre a importância da mobilidade urbana ao não conseguir pegar um táxi, por conta da alta demanda por transporte popular em grandes cidades. 

A ideia inicial era trabalhar apenas com carros premium de luxo, mas com o tempo a empresa foi se destacando com uma variedade de carros e valores acessíveis comparado ao táxi comum.

Quem é o dono do Uber?

A empresa tem dois donos:um deles é Travis Kalanick, empresário norte-americano que entrou para a lista da Forbes em 2014 como um dos 400 norte-americanos mais ricos do mundo, ocupando a posição 290 do ranking. Além de Kalanick, a Uber conta também com o co-fundador: Garrett Camp, empresário e bilionário canadense.

Quando o Uber chegou ao Brasil?

Colocando em prática a Política Nacional de Mobilidade Urbana, que já existia no país desde 2012, a Uber chegou ao Brasil em  2014. Nesses 7 anos já pagou cerca de 4,2 bilhões em tributos e repassou cerca de 68 bilhões a entregadores e motoristas.

Do norte ao sul do país é reconhecida pela praticidade de oferecer um transporte rápido e acessível disponível a qualquer momento do dia.

Qual a média de usuários que o Uber possui?

Nas grandes metrópoles a chegada da empresa foi um sucesso, pois além de trabalhar com um custo mais acessível que os táxis comuns e ter o conforto de um transporte particular, acessibilidade de preço, ainda tem a vantagem de ser prático no dia a dia. 

Ajudando a chegar a compromissos de trabalho, consultas, atividades do dia a dia e até mesmo acessar atividades de lazer. Todas estas características conquistaram usuários pelo mundo, sendo atualmente cerca de 75 milhões de usuários. Desses, 22 milhões são brasileiros.

Quanto ganha o dono do Uber?

A Uber previu o lucro médio de US$ 25 a US$ 75 no final de 2021.

Qual a média de ganho do entregador e do motorista Uber? 

O aplicativo também é muito procurado por pessoas que desejam fazer uma renda extra sendo seu próprio chefe e estabelecendo seu horário de trabalho com autonomia. 

É também um gerador de oportunidades para quem não se encontrava no mercado de trabalho ou era obrigado a ter uma profissão mais desgastante e menos rentável. Nos Estados Unidos a média de lucro diário para um motorista ou entregador está entre US$ 8,55 e US$ 11,77. No Brasil a média para um entregador ou motorista é de R$ 80 a R$160 por dia. 

Com a proposta de ajudar a melhorar a mobilidade urbana, a Uber tem sido uma alternativa de locomoção importante pelo mundo, mas, também abre debates que discutem como ocorrem suas relações trabalhistas.

É preciso estar atento tanto como usuário, quanto como trabalhador. Assim, conseguimos quebrar barreiras e construir uma sociedade capacitada e com boas relações entre empresas, colaboradores e clientes.

Quais direitos trabalhistas eles têm?

Descobrimos juntos sobre a origem do Uber, e saberemos agora que a empresa não funciona como uma CLT que fornece contrato aos trabalhadores. Na verdade, não há absolutamente nenhum vínculo de empregabilidade entre a Uber e seus respectivos motoristas.

Dessa forma, por fazerem a solicitação para trabalharem como motoristas da Uber, há a flexibilidade para trabalharem nas horas e dias que acharem convenientes. Pode ser por 2h de uma quinta-feira, ou optar por fazer um bico nos finais de semana para levantar uma renda extra, por exemplo.

Quais as regras de distribuição no pagamento dos motoristas da Uber?

Após sabermos sobre a origem do Uber, saiba que a distribuição financeira dos valores adquiridos é transferida aos motoristas sempre a cada 7 dias. Isto é, os pagamentos serão debitados em conta durante as quartas-feiras, com as taxas que chegam até 40% descontadas pela empresa.

Neste caso, durante às 6h de uma quarta-feira, o motorista terá recebido os respectivos valores que fez em um prazo de uma semana. O valor cairá em sua conta poupança ou corrente, portanto, lembre-se de fazer o cadastro no processo de contratação do serviço como motorista.

1 comentário em “Conheça a origem do Uber: seu dono e influência no mercado”

Deixe um comentário