Qual a origem do Ônibus?

Conheça a origem do ônibus e quem inventou aqui no Origem das coisas. Para entender mais sobre o surgimento do transporte, leia aqui!

Utilizado todos os dias pelos cidadãos, é difícil de imaginar que a origem do ônibus já tenha quase dois séculos. Graças a sua enorme presença diária, também não dá pra se pensar num mundo sem esse meio de transporte que, além de extremamente efetivo, tem a capacidade de atravessar longas distâncias sem necessidades que um carro mais tradicional possui.

Mas afinal, qual a origem do ônibus? De onde vem o nome desse veículo e como ele foi pensado? Caso você tenha se perguntado isso, este artigo tem as informações que vão responder essas dúvidas, confira.

O que é um ônibus?

Primeiro de tudo, para saber da origem do ônibus, é necessário conhecer melhor a definição do que é esse veículo. Também pode ser chamado de autocarro, machimbombo ou toca-toca, dependendo apenas de qual seja a derivação da língua portuguesa do local, um ônibus nada mais é do que, um veículo motorizado com o a capacidade de transportar um grande número de pessoas e, em alguns casos, produtos.

O que é um ônibus
Fonte/Reprodução: original

Seu nome vem do latim “omnibus”, que significa “para todos” e foi utilizado antes mesmo da criação do veículo em si, também se referindo a um transporte que podia carregar um número grande de pessoas.

Como funciona um ônibus?

Desde a origem do ônibus, seu funcionamento é extremamente semelhante ao de outros veículos convencionais, com o diferencial de que ele utiliza um motor movido a diesel, e graças ao grande reservatório de combustível, pode percorrer longas distâncias sem a necessidade de reabastecer.

No caso do transporte, os ônibus possuem diversos assentos colocados no formato de duas filas, onde geralmente cada cadeira é numerada. Nos centros urbanos, os ônibus costumam ter a capacidade de transportar, sentados, até 50 pessoas, mas existem veículos do tipo que podem levar até cerca de 300 passageiros.

Qual a origem do ônibus?

Os historiadores marcam a origem do ônibus em 1826, na cidade de Nantes, na França. Lá, um empresário resolveu tentar inovar com o seu negócio de casas de banho, e passou a realizar o transporte coletivo de seus clientes, indo do centro da cidade até a periferia.

Esses transportes, como já era de se imaginar, eram chamados de omnes omnibus, tanto pelo seu significado em latim, “tudo para todos” quanto pelo destino final do transporte, uma chapelaria chamada Omnes.

Qual origem do ônibus
Fonte/Reprodução: original

Pouco depois, a primeira companhia de Ônibus da história foi criada, mas infelizmente ela não obteve sucesso. Contudo, a ideia de uma companhia de transporte coletivo ganhou força ao longo dos anos, chegando em grandes cidades como Londres e Nova Iorque. Em 1895, na Alemanha, o primeiro ônibus movido por um motor de explosão foi criado por Carl Benz e Gottlieb Daimler, e transportava cerca de oito passageiros.

Após isso, rapidamente os serviços de transporte coletivo se expandiram e se modernizaram, sobretudo na Alemanha, que começou o transporte de 32 pessoas através dos ônibus de dois andares.

Após a Primeira Guerra Mundial, foi a vez da chegada do motor a diesel, do freio a ar comprimido e do chassi de estrutura baixa, que modernizou ainda mais os veículos, os tornando mais ágeis e velozes, sem perder o conforto e a segurança.

Quem inventou o ônibus?

A origem do ônibus é creditada a Stanislav Baudry, empresário dono da casa de banhos que deu início ao sistema de transporte coletivo. Ele também foi o responsável pela criação da primeira companhia de ônibus.

Graças ao ônibus, hoje em dia o transporte público e transporte coletivo são essenciais para o dia-a-dia da população, especialmente aqueles que não têm condições financeiras para ter um carro próprio ou para passagens de avião, em casos de viagens. Além disso, a origem do ônibus tem papel crucial não somente para isso, como também para um dos grandes mercados econômicos do mundo.

Deixe um comentário