Origem do Jiu-Jitsu: o que é e qual a sua história?

Você conhece a origem do Jiu Jitsu? Caso não, está perdendo uma história incrível sobre como essa arte marcial que veio do extremo oriente acabou criando raízes profundas em solo brasileiro e se transformando de uma vez para sempre em uma das artes marciais mais praticadas e respeitadas em todo o mundo.

Caso ainda não conheça, venha hoje conhecer a origem do Jiu Jitsu e como essa técnica virou uma arma mortal na mão dos brasileiros, da família Grace. Confira tudo sobre a origem do Jiu Jitsu!

O que é Jiu-Jitsu?

Antes de falar sobre a origem do Jiu Jitsu, vamos tentar deixar claro o que é o Jiu Jitsu. O Jiu Jitsu é uma arte marcial hoje conhecida por principalmente técnicas de imobilização, finalização – imobilização seguida de ameaça real de quebrar um membro, romper ligamento ou simplesmente sufocamento até a inconsciência – e de auto defesa baseada em quedas.

O que é Jiu-Jitsu?
Fonte/Reprodução: original.

É importante salientar que hoje o Jiu Jitsu é conhecido assim, porém ao longo de sua jornada a técnica passou por algumas alterações. Veremos a seguir quando falarmos a respeito da origem do Jiu Jitsu, porém em sua essência o Jiu Jitsu sempre foi visto como uma arte de autodefesa, não de ataque franco.

Qual é a história e a origem do Jiu-Jitsu?

É impossível falar da origem do Jiu Jitsu sem falar do profundo impacto que os brasileiros da família Grace tiveram sob essa arte marcial. A origem do Jiu Jitsu data de milhares de anos atrás, e há uma controvérsia a respeito de onde poderia ter surgido de fato, ou com monges japoneses, ou com monges da Índia.

Seja como for desde sua origem a técnica foi desenvolvida para auxiliar os monges a se protegerem de ataques.

Qual é a história e a origem do Jiu-Jitsu?
Fonte/Reprodução: original.

Novamente reiterando, o Jiu Jitsu é uma técnica de autodefesa. Com o passar dos anos o Jiu Jitsu se desenvolveu, especialmente na era samurai no Japão onde foi adotada como a técnica de luta favorita dos samurais – sem katana, claro.

Porém a grande mudança e importância do Jiu Jitsu só foi obtida quando o mesmo chegou no Brasil por meio de Mitsuyo Maeda, ou como era conhecido, Conde Koma. Conde Koma encontrou primeiro Gastão Gracie, e concordou em mostrar sua arte ao velho Gracie.

Gastão, empolgado, convidou seu irmão Hélio para conhecer a arte marcial, e foi por meio das mãos de Hélio que o Jiu Jitsu foi maximamente refinado. É importante entender que Hélio era um rapaz franzino e de aparência frágil, e por isso basicamente dominou o Jiu Jitsu e o reformulou para vencer qualquer oponente, especialmente aqueles que eram maiores do que ele.

Como se pratica o Jiu-Jitsu?

O Jiu Jitsu é praticado com kimono e sua luta é praticamente luta de solo. No solo o Jiu Jitsu é rei, com passadas de guarda, transições, imobilizações e finalizações!

Quais são os benefícios do Jiu-Jitsu?

Existem diversos benefícios de praticar bem o Jiu Jitsu, benefícios que vão além dos físicos. Vamos conhecer!

  • Melhora a força muscular;
  • Ajuda no condicionamento físico;
  • Ensina a defesa pessoal;
  • Combate o estresse e ansiedade;
  • Auxilia na disciplina;
  • Dá controle sobre o próprio corpo.

Todos esses benefícios você pode conseguir praticando o Jiu Jitsu da maneira correta e periodicamente!

Quais diferentes estilos de Jiu-Jitsu?

Como aprendemos na origem do Jiu Jitsu, o Jiu Jitsu mais famoso hoje (praticamente o único) é o que chamamos de “Brazilian Jiu Jitsu”.

Dentro desse grupo existem também as modalidades Jiu Jitsu sem kimono e Jiu Jitsu com kimono, se caracterizando pela ausência da vestimenta na prática.

Deixe um comentário