Qual a origem de Cristo e qual a sua importância?

Conheça a origem de cristo e qual sua importância aqui no Origem das coisas. Para saber mais sobre o surgimento de uma das maiores figuras da humanidade.

A origem de Cristo se deu na cidade de Belém, na Judeia, onde ele nasceu durante o reinado do imperador romano Tibério, pouco mais de 2.000 anos atrás. Segundo a mitologia cristã, sua mãe, Maria, era uma virgem, que ao ser visitada por um anjo recebeu a notícia de que ela estava grávida, em concepção pura feita pelo Espírito Santo. Seu esposo, que viria a ser o pai de criação do Cristo, se chamava José e era carpinteiro.

Essa é uma das principais histórias religiosas existentes no mundo, apesar de parecer simples, possui grande complexidade, então vamos tentar compreender um pouco mais sobre a origem de Jesus Cristo, acompanhe!

Quem foi Cristo?

Jesus Cristo é uma figura histórico-religiosa considerado a base do cristianismo, venerado como o Filho de Deus pelos cristãos. Segundo a Bíblia, a origem de Cristo o aponta como um profeta e um ensinador que realizou milagres e desafiou estruturas sociais vigentes, como organizações religiosas e o governo romano, o que o levou a ser crucificado por ordem do governador romano da Judeia, Pôncio Pilatos.

Quem foi Cristo
Fonte/Reprodução: original

No entanto, os cristãos acreditam que Jesus foi ressuscitado após a sua morte e ascendeu ao céu. Muitos cristãos consideram Jesus como o Salvador do mundo e acreditam que ele é a encarnação do Filho de Deus na Terra, como previam as escrituras judaicas.

O que é o cristianismo?

O cristianismo é uma religião monoteísta que se baseia na vida e na origem de Cristo, seus ensinamentos, morte e ressurreição. Os cristãos acreditam que Jesus é o Filho de Deus e que ele veio à Terra para salvar os seres humanos de seus pecados e da morte eterna.

Eles também acreditam que Jesus morreu na cruz para pagar pelos pecados humanos, adquiridos desde o pecado original – quando Adão e Eva provaram o fruto proibido – e que ele foi ressuscitado após a sua morte. Os cristãos seguem os ensinamentos de Jesus e tentam viver conforme os seus mandamentos.

O cristianismo é uma das principais religiões do mundo, com cerca de 2,4 bilhões de seguidores em todo o globo, mais de 2 mil anos de história e com várias divisões e igrejas diferentes.

Por que Cristo foi crucificado?

Jesus Cristo foi crucificado por ordem de Pôncio Pilatos, o governador romano da Judeia, após ser acusado de blasfêmia pelos líderes judaicos. Segundo a Bíblia, Jesus foi condenado à morte na cruz porque ele afirmou ser o Filho de Deus e o Messias prometido pelas Escrituras judaicas. Além disso, fez insinuações de que derrubaria o templo de Jerusalém, o que era condenável pela lei da época.

Sua natureza subversiva aos modelos vigentes e o forte apoio popular que ele ganhou com seus atos e suas pregações despertaram nos governantes e líderes religiosos um alerta de perigo, devido à força do movimento de questioná-los que se formava.

Os líderes judaicos não acreditavam que Jesus seria o Cristo e o acusaram de blasfêmia, ou seja, de desrespeitar a Deus e as leis antigas. No entanto, conforme as escrituras bíblicas, forjaram provas e utilizaram falsas testemunhas para a acusação, sem considerar que todo processo legal também não respeitou os ritos da época.

Alguns cristãos acreditam que a origem de Cristo e crucificação foi um sacrifício expiatório, pelo qual ele morreu no lugar dos seres humanos para pagar pelos seus pecados.

O que Cristo fez para a humanidade?

A origem de Cristo no Novo Testamento diz que Ele é o Filho de Deus e a sua vinda a Terra como um ser humano tinha o intuito de mostrar o amor de Deus ao mundo e ensinar a seguir o caminho da justiça e da santidade.

O que Cristo fez para a humanidade
Fonte/Reprodução: original

Além disso, segundo as mesmas escrituras, Jesus realizou muitos milagres durante a sua vida, curando os doentes, expulsando demônios, acolhendo enfermos e excluídos da sociedade e até ressuscitando mortos, o que mostrou através dele o poder de Deus e a sua vontade de salvar os homens.

Mesmo fora da visão cristã, os ensinamentos de Jesus pregavam o respeito e a caridade, além de amor e cuidado com o próximo, máximas que muitas pessoas, mesmo não praticantes da religião que lhe sucedeu, tentam agregar às suas vidas.

Cristo é uma figura central na história e na fé de muitas pessoas em todo o mundo. A origem de Cristo, sua vida, ensinamentos e morte têm sido objeto de estudo e reflexão por milênios e continuam a inspirar muitas pessoas a seguir seus exemplos de amor, tolerância e compaixão.

4 comentários em “Qual a origem de Cristo e qual a sua importância?”

Deixe um comentário