Qual a origem da Engenharia Agrícola?

Conheça a origem da engenharia agrícola e o que é aqui no Origem das coisas. Para entender mais sobre o surgimento da profissão!

No artigo a seguir, vamos discutir um pouco mais sobre a origem da Engenharia Agrícola, onde ela surgiu, onde se popularizou e como teve seus primeiros passos demonstrados.

Você sabe quem é o responsável por manter tudo organizado e limpo em uma lavoura? Em uma vinícola? Manter todos os seus bichos vivos e bem alimentados? Nestes casos, estamos nos referindo a Engenharia Agrícola, e o seu profissional formado.

Vamos introduzir esta e outras informações sobre a origem da Engenharia Agrícola, na leitura a seguir.

O que é a Engenharia Agrícola?

Para início de conversa, quando nos referimos ao termo de engenheiro agrícola, estamos nos referindo a um profissional apto, formado durante um curso de nível superior de Engenharia Agrícola, que envolve várias matérias, e conhecimentos de seu nicho e tem em média 5 anos de duração.

O que é a Engenharia Agrícola
Fonte/Reprodução: original

Desde origem da Engenharia Agrícola, essa área atua para aplicar conhecimentos de elétrica, mecânica, e entre outros recursos industriais no processo de produção agrícola. Assim, tornando-o mais eficiente. Essa área também é responsável projetar e criar equipamentos específicos, como sistema de drenagem e irrigação.

Também cabe ao profissional os processos de gestão dos recursos naturais, para não afetar a produção e nem o meio ambiente. Ou seja, basicamente ele é responsável por todas as etapas do agronegócio até a comercialização do produto.

Para que serve a Engenharia Agrícola?

Como dito anteriormente, essa área é responsável por todos os processos do agronegócio, ela serve para manter a produção em dia, solucionando problemas ou pragas por meio de novas técnicas e tecnologia, mas também sem prejudicar o meio ambiente.

Ou seja, a engenharia agrícola serve para criar técnicas e processos que beneficiem a produção rural, seja plantação de milho ou soja, por exemplo, ou a criação de animais como o gado.

Desde a origem da Engenharia Agrícola, funciona assim para todos os nichos de mercado, que ela envolve.

Qual a origem da Engenharia Agrícola?

A origem da Engenharia Agrícola no Brasil, foi datada há mais de 25 anos, quando surgiram as primeiras faculdades de Engenharia Agrícola aqui. Durante a década de 70 surgiu a primeira Faculdade de Engenharia Agrícola no Brasil, na Universidade Federal de Pelotas, localizada no Rio Grande do Sul. Com o objetivo de qualificar engenheiros e agrônomos para melhorar e evoluir a produção agrícola.

Qual origem da Engenharia Agrícola
Fonte/Reprodução: original

Mas, saiba que este ramo da engenharia teve sua origem na Europa durante o século XX, onde desenvolveram atividades no campo com influência de vários profissionais, como engenheiros, físicos e até geólogos.

Outro ponto importante da origem da Engenharia Agrícola foi nos EUA, que em 1930 se destacou no mercado pela fabricação de equipamentos que auxiliam na colheita. E durante este mesmo período, na Bélgica foi criada uma comissão internacional voltada para a área agrícola.

História da Engenharia Agrícola

Tendo sua origem na Europa, passando pelos Estados Unidos e depois Bélgica, a linha do tempo da engenharia agrícola continua em 1907, quando foi reconhecida como disciplina, e 1908 foi implementado o primeiro curso de Engenharia Agrícola nos EUA, na Universidade de Iowa.

Enquanto no Brasil, como já relatado aqui, está no mercado há mais de 25 anos; seguindo sendo exercido e ensinado em instituições de ensino até os dias de hoje.

Quais as áreas de atuação da Engenharia Agrícola?

Ainda sobre o Engenheiro Agrícola e a origem da Engenharia Agrícola, cabe sempre ao profissional da área os processos de gestão dos recursos naturais, para assim não afetar a produção, e nem o meio ambiente quando contratado e ligado a equipe de uma determinada empresa.

Agora vamos falar sobre as possíveis áreas de atuação, da profissão ligada à Engenharia Agrícola. Estes profissionais podem ter como áreas de atuação pagas como:

  • Órgãos públicos;
  • Órgãos estaduais;
  • Órgãos federais
  • Usinas;
  • Indústrias;
  • Empresas de Consultoria Agrícola;
  • Empresas do ramo de Cultivo de Alimentos.

Considerando que um profissional desta área tenha conhecimentos e noções básicas como a física, química, geologia, biologia e até mesmo conhecer sobre informática. Pode, na maioria dos casos, serem super bem pagos para exercer tais emendas da profissão, com excelência e produtividade para seu contratante!

Com este conteúdo você aprendeu mais sobre a origem da engenharia agrícola, sua função e muito mais. Se você conhece alguém que esteja pensando em seguir a carreira de engenheiro agrícola, compartilhe com ela, para poder tirar suas dúvidas e conhecer mais sobre a área.

Deixe um comentário